Instagram Brasil

http://community.instagram.com/

1,539 posts 16,267,990 followers 203 following

Foto de @tiagoovarjao
No balanço dessa vida 🍃
#Bomdia, mal podemos esperar para descobrir lugares incríveis com você! Use a hashtag #Bomdia e mostre por onde você anda.

249💬

Foto de @felipemnteiro
Toda semana, postamos algumas das nossas fotos preferidas. Para participar, use a hashtag #achadosdasemana.

490💬

Foto de @gmateus
Toda semana, postamos algumas das nossas fotos preferidas. Para participar, use a hashtag #achadosdasemana.

266💬

Loading...

Foto de @jescikalemes
Não é incrível ter a oportunidade de ver a natureza de pertinho, debaixo d'água?🌱🌊💦
Toda semana, postamos algumas das nossas fotos preferidas. Para participar, use a hashtag #achadosdasemana.

239💬

Foto de @mabel.persa
Bem-vindos ao #diadafofura! Conheça hoje a dengosa Mabel (@mabel.persa), uma gatinha persa muito meiga que adora brincar de esconde-esconde e ama se deitar na grama do jardim. Ela é tão dorminhoca que pega no sono até durante o banho! Para doses diárias de preguiça e graça felina, siga @mabel.persa.
Seu pet está no Instagram?
Use a hashtag #diadafofura e ele pode aparecer no @instagrambrasil!

795💬

Foto de @mr_riu “Eu, particularmente, gosto de me expressar em preto e branco. Não uso cores. Em vez disso, coloco mais peso nas formas e no design.” Autodidata, RIU (@mr_riu), um artista japonês, compartilha suas criações, trabalhos que envolvem padrões complexos, como os de mandala, cortando papel preto e branco. “Essas imagens são feitas recortando um pouco do papel de uma folha e criando algo com o restante dos pedaços que foram recortados. Do jeito que trabalho, não uso nenhum papel colorido, nenhuma coloração, nem cola. Acho que é uma questão de simplicidade e de limpeza.” Dependendo da peça, o processo pode demorar mais de 30 horas. Apesar da natureza cansativa do trabalho, que exige muita concentração, é precisamente essa fadiga que leva ao sentimento de realização, de acordo com RIU.

Veja o processo das recortadas do artista no Stories do @instagrambrasil.

805💬

Loading...

Foto de @marlonmmayer
#Bomdia e boa semana para vocês 🙌
Use a hashtag #Bomdia para nos mostrar por onde você anda. Mal podemos esperar para descobrir lugares incríveis com você!

728💬

Foto de @eucarinasoares
A carioca Carina Soares (@eucarinasoares), de 13 anos, ostenta com orgulho seus belos #cachos. Para deixá-los ainda mais marcantes, já os pintou de azul, e, recentemente, de rosa. O resultado dessas transformações e os diferentes estilos de cabelo que ela mesma faz pode ser visto no seu perfil. "Para mim, meu cabelo é resistência, aceitação e amor próprio", diz. Como muitas meninas cacheadas, Carina já experimentou alisar os seus: "Me arrependi", conta. Junto com a irmã, ela passou pelo processo que chama de 'transição capilar', que é o de deixar crescer novamente o cabelo natural. “Para as meninas que ainda não aceitaram os cachos: o importante é se sentir bem com você mesma. Todos os cabelos são lindos."
Veja o nosso Story e confira Carina mostrando o quão divertido é ter a liberdade de fazer o que você quiser com o seu cabelo.

7,631💬

Foto de @thesestreetsza
Toda semana, postamos algumas das nossas fotos preferidas. Essa é uma delas. Para participar, use a hashtag #achadosdasemana.

826💬

Loading...

Foto de @kato78
Toda semana, postamos algumas das nossas fotos preferidas. Essa é uma delas. Para participar, use a hashtag #achadosdasemana.

519💬

Foto de @gess8
O final de semana está aí! Que tal um banho de mar? 💦🌊
A comunidade de Instagrammers Brasileiros e de língua portuguesa está sempre surpreendendo e temos cada vez mais momentos incríveis para compartilhar. Toda semana, postamos algumas das nossas fotos preferidas. Para participar, use a hashtag #achadosdasemana.

356💬

Foto de @tinycactus
🌅 Nascer do sol. Pôr do sol. 🌇 Para KangHee Kim (@tinycactus), esses são os melhores momentos do dia. "Nunca me canso deles", diz a artista de 27 anos da Coreia do Sul, que hoje vive em Nova Iorque. "É impossível testemunhar a paisagem perfeita todas as vezes, mas fico com a esperança de ver uma melhor no dia seguinte. Acho que são uma terapia natural e recompensas que recebemos todos os dias. É por isso que começamos o dia com uma e encerramos com outra." KangHee enche seu perfil com "coisas da rua", uma série de colagens de fotografias surreais. "Um dia eu estava esperando o momento certo para fotografar e, de repente, pensei: Por que eu mesma não posso criá-lo?" Suas composições de fotos possibilitam que ela compartilhe essas cenas mágicas imaginadas com seus amigos e seguidores. "A manipulação de cenas abre infinitas possibilidades, sem os limites ou as restrições da vida real", explica.

E sua resolução de ano novo para 2018? Você verá a KangHee "vivendo a vida ao máximo todos os dias!" Assista ao Story de hoje para ver mais do trabalho dela.

429💬

Loading...

Foto de @encolhiaspessoas

Alguns dizem que o mundo é pequeno. Mas para os micropersonagens de Renan Viana (@encolhiaspessoas), ele é, de fato, gigantesco. Tudo começou em 2014, quando o fotógrafo de 28 anos encontrou em um antiquário de Belém do Pará uma caixa de miniaturas. Feitas de resina e com o objetivo de ornamentar maquetes, Renan decidiu personalizá-las com tinta, estilete e cola e fotografá-las em diversas situações. No mundo criado por ele, poças d'água viram lagos a serem desbravados com um barco e uma coxinha de galinha vira uma montanha a ser escalada. "As miniaturas são minhas companheiras para descobrir novos lugares", diz o fotógrafo. "Carrego uma caixinha com várias e sempre que saio vou criando cenas durante as caminhadas. Mas algumas cenas mais específicas são planejadas com antecedência", conta. "O fato de estar fotografando 'pessoinhas' tão pequenas na rua chama muita atenção. Várias pessoas passam sem entender o que estou clicando, outras param e vão se aproximando até conseguir compreender o que está acontecendo. Uma vez precisei cobrir uma miniatura com a mão para evitar que fosse esmagada, acabei machucando a mão. Mas a miniatura passa bem". Veja nosso Story e confira uma das criações de Renan e seus micropersonagens.

957💬

A melhor parte do trabalho do chef Cédric Grolet (@cedricgrolet)? Criação. "Estou em um eterno processo de criação", diz o premiado confeiteiro francês de 32 anos, que vive em Paris. "Procuro ideias todos os dias, para que nunca fique entediado. Tudo que me cerca: o que posso provar, ver, cheirar. Não existem limites. E isso me permite ser criativo." Quanto aos sonhos para 2018, Cédric está numa missão para abrir suas próprias padarias ao redor do mundo.

Neste final de ano, ele fica ocupado se certificando que todos os seus clientes estão felizes e satisfeitos; mas, hoje, o Cédric nos levará para um tour em sua cozinha para mostrar as delícias que ele fez para o Natal. Assista nosso Story para vê-lo com a mão na massa.

1,229💬

Foto de @matthcordeiro
Boa semana para todos vocês!
Acordou com uma bela imagem como essa, da coruja? Então use a hashtag #Bomdia para nos mostrar por onde você anda. Mal podemos esperar para descobrir lugares incríveis com você.

712💬

Loading...

Foto de @a_bookaholic
“Para mim, a leitura é um exercício de empatia sem igual. Quando lemos um livro mergulhamos na mente dos personagens, os sentimentos são descritos palavra por palavra. Isso nos coloca inteiramente no lugar deles e possibilita vivenciar situações que nunca teríamos imaginado. Por isso, não avalio o valor de uma obra com base em quantos prêmios ela ganhou ou se o livro se tornou um clássico,” explica Patricia Iurkiv (@a_bookaholic), de 24 anos. Moradora da bucólica Bela Vista do Toldo, no norte de Santa Catarina, ela passa boa parte das noites e dos finais de semana devorando páginas e mais páginas. Um dos seus títulos favoritos é "A Bibliotecária de Auschwitz", de Antonio G. Iturbe. “É baseado em uma história real que aconteceu dentro de um campo de concentração durante a Segunda Guerra Mundial. Esse livro não é apenas sobre um relato de sobrevivência, mas também sobre manter viva a humanidade em meio ao caos.”

625💬

Foto de @ts_fotografia
A comunidade de Instagrammers Brasileiros e de língua portuguesa está sempre surpreendendo e temos cada vez mais momentos incríveis para compartilhar. Toda semana, postamos algumas das nossas fotos preferidas. Para participar, use a hashtag #achadosdasemana.

242💬

Foto de @dvincentgomes
A comunidade de Instagrammers Brasileiros e de língua portuguesa está sempre surpreendendo e temos cada vez mais momentos incríveis para compartilhar. Toda semana, postamos algumas das nossas fotos preferidas. Para participar, use a hashtag #achadosdasemana.

275💬

Loading...

Foto de @_yasminloby
A comunidade de Instagrammers Brasileiros e de língua portuguesa está sempre surpreendendo e temos cada vez mais momentos incríveis para compartilhar. Toda semana, postamos algumas das nossas fotos preferidas. Para participar, use a hashtag #achadosdasemana.

183💬

Foto de @lewismillerdesign

Depois de terminar grandes eventos, o florista Lewis Miller (@lewismillerdesign) sempre se perguntou: como poderia reutilizar todas essas flores? “Estava andando pela rua outro dia e vi esta típica lixeira da cidade de Nova Iorque, com lixo transbordando e caindo na calçada”, conta Lewis, que tem sua loja de flores há 15 anos. “Então pensei: não seria divertido se fossem flores?”. Assim nascia o #flowerflash. Nas primeiras horas da manhã após um evento, Lewis e seu time carregam a van e seguem à procura de lixeiras, paradas de ônibus e postes por Nova Iorque para decorá-los com belos arranjos. “Como fazemos isso de manhã bem cedo, as pessoas estão recém acordadas”, diz Lewis. “Elas estão meio grogues. Estão saindo do metrô e, ao virar a esquina, boom! É um momento bem ‘só-mesmo-em-Nova-Iorque’. São presentes para os nova-iorquinos e para todo mundo. São para qualquer pessoa que goste de ver algo inusitado.” Veja nosso Story agora para ver um #flowerflash nascendo em Nova Iorque.

358💬

Foto de @matizealves
#Bomdia com essa árvore em formato de coração flagrada pela @matizealves 🌱💚 A natureza não é encantadora?
Mal podemos esperar para descobrir lugares incríveis com você. Use a hashtag #bomdia para nos mostrar por onde você anda.

862💬

Foto de @rafaelmantesso

Depois de uma separação, Rafael Mantesso (@rafaelmantesso), de 34 anos, se viu morando sozinho em um apartamento totalmente vazio. Para dar mais vida ao lugar, que dividia com seu bull terrier, companheiro de oito anos, começou a pintar: “Não queria morar num lugar branco, todo vazio, então decidi pintá-lo para ter um pouco de cor e vida. Um dia, pintando uma tela, Jimmy estava do meu lado e com o pincel desenhei uma asinha de um anjo em volta dele e fotografei”. Depois desse momento, as poucas coisas que tinham no apartamento de Rafael, como uma caixa de papelão, se tornariam os objetos que, depois de desenhados, dariam vida para as fotografias nas quais Jimmy é sempre o personagem principal: “Desenhei na caixa um ‘raio-x’ do Jimmy e, com ele atrás dela, tirei uma foto e postei. Tive a ideia de fazer desenhos com ele, ao invés de continuar fazendo telas”. Rafael conta que o cão sempre se comporta bem para fazer as fotos e se diverte no processo: “Na cabeça dele é sempre como se a gente tivesse brincando. A sessão de fotos dura dois minutos, gasto horas desenhando e dias pensando, mas fotografando é rápido. Tem que ser legal para ele, senão não faz sentido porque é uma hora que estamos juntos, nos divertindo”. Veja mais aventuras do Jimmy no nosso Story de hoje. #gojimmygo

826💬

Foto de @samiamunaretti
A comunidade de Instagrammers Brasileiros e de língua portuguesa está sempre surpreendendo e temos cada vez mais momentos incríveis para compartilhar. Toda semana, postamos algumas das nossas fotos preferidas. Para participar, use a hashtag #achadosdasemana.

247💬

Foto de @carloslazarini
A comunidade de Instagrammers Brasileiros e de língua portuguesa está sempre surpreendendo e temos cada vez mais momentos incríveis para compartilhar. Toda semana, postamos algumas das nossas fotos preferidas. Para participar, use a hashtag #achadosdasemana.

347💬

Foto de @gilda.gildoca
A comunidade de Instagrammers Brasileiros e de língua portuguesa está sempre surpreendendo e temos cada vez mais momentos incríveis para compartilhar. Toda semana, postamos algumas das nossas fotos preferidas. Para participar, use a hashtag #achadosdasemana.

396💬

Foto de @makeupisart_x

Ellie Costello (@makeupisart_x) maquia seus olhos de maneira incrível deixando a imaginação correr solta. Suas pálpebras são como telas em branco: “Eu nunca planejo a maquiagem para depois escolher as flores”, explica Ellie, 22 anos, que mora em Londres. “Sempre pego algumas flores primeiro, e depois imagino o look a partir delas. Acho que criar durante o processo sempre permite que a sua criatividade e a imaginação corram com muito mais liberdade – gosto de simplesmente deixar a mágica acontecer”. Ellie é parte de uma comunidade de beleza no Instagram que fez das pálpebras sua tela de pintura favorita em 2017. “É ótimo quando você pode colaborar com outros artistas e descobrir novos e incríveis talentos para seguir. Sempre há muita criatividade no Instagram, é bastante inspirador.” Assista nosso Story para ver mais coisas de Ellie, e acompanhe #IGYearInReview enquanto refletimos sobre as tendências mais memoráveis do Instagram em 2017.

436💬

Foto de @impact.brothers

A partir de hoje, estamos apresentando novas maneiras para você se conectar com seus interesses no Instagram. Agora, é possível seguir hashtags, como #gymnastics.

Alguns gêmeos terminam as frases um do outro, já Marcos e Alejandro Ponce López (@impact.brothers) terminam as acrobacias um do outro. Após assistirem a uma apresentação de dança de rua na cidade natal deles há 14 anos, o duo de Torre del Mar, Espanha, dedicou a vida a se tornar acrobatas profissionais.
Qual foi a maior conquista em #gymnastics até agora? “Aprendemos tudo o que sabemos de maneira autodidata. Mão para mão (um movimento em que o acrobata, equilibrando-se nas mãos do outro, faz uma parada de mão), era muito complicado para nós, por se tratar de ser muito complexo. Temos alguns amigos que já sabiam como executá-lo. Um dia, tivemos a sorte de nos encontrarmos com eles e, em algumas horas, eles nos explicaram vários truques. Depois disso, ensaiamos todos os dias até aprender aquele movimento.”

437💬

Foto de @flourshop “As pessoas comem com os olhos, então quem não gostaria de comer um arco-íris? Ou um unicórnio?”, pergunta Amirah Kassem, padeira e fundadora do Flour Shop (@flourshop). 🌈🦄Cinco anos atrás, Amirah não tinha dinheiro para fazer um site e começou seu negócio no Instagram. “Por muitos anos, essa era a única maneira para os clientes fazerem pedidos”, explica Amirah. No mês passado, ela abriu sua própria padaria no bairro SoHo, na cidade de Nova Iorque.
Sua inspiração número um ao sonhar com suas guloseimas brilhantes e divertidas? “Minha infância! Há tantas coisas que acabamos esquecendo quando adultos, como quão divertido é a imaginação e estourar bolhas de sabão. Então, tento me agarrar a essa ideia de por que não sorvete-no-café-da-manhã?”
Veja nossa história sobre a afinidade de Amirah com todas as coisas ligadas a arco-íris e unicórnios e acompanhe #IGYearInReview para relembrar as tendências mais memoráveis no Instagram em 2017.

582💬

Vídeo de @cacalazzari
“Eu acho que fui escolhido pela música”, diz Cacá (@cacalazzari), que mora no Rio de Janeiro. “Música é a minha vida, minha religião, tudo”. O músico de 29 anos começou a tocar bateria quando tinha apenas três anos de idade. Hoje, o baterista pratica todos os dias por cinco horas. “A bateria é o instrumento que eu sempre amei e o instrumento que possibilita que eu me expresse melhor, mais do que qualquer outro”, conta.
Entre no estúdio de Cacá e veja o baterista em ação, confira nosso Story de hoje.

633💬

Foto de @txomito12
A comunidade de Instagrammers Brasileiros e de língua portuguesa está sempre surpreendendo e temos cada vez mais momentos incríveis para compartilhar. Toda semana, postamos algumas das nossas fotos preferidas. Para participar, use a hashtag #achadosdasemana.

665💬